A GRANDE MUDANÇA
Excertos das canalizações de Tom Keyon com os Hathores

 

Capítulo dezesseis ))) OS PRÓXIMOS ANOS

TRANSCENDENDO E TRANSFORMANDO O SEU PRÓPRIO MUNDO

(…)

Nós sempre evitamos passar informações de natureza alarmante, mas temos também que ser francos e honestos com vocês em nossa avaliação.

Durante todo o passado recente, vem ocorrendo uma intensificação tanto da mudança dimensional como da manipulação e do controle no planeta. Esse evento paralelo – a passagem para os prelúdios da realidade pentadimensional (o vestíbulo da consciência planetária superior, para usar uma metáfora) e as tentativas mundiais de controlar e refrear o espírito humano – será um confronto de forças iguais numa batalha decisiva. Na verdade, para o espírito humano essa guerra já começou.

Não há muita coisa que uma pessoa individualmente possa fazer para abrandar o destino da coletividade humana. Mas não se deixando controlar e manipular pela mente coletiva que está hipnotizando o mundo como um todo, cada um de vocês tem a possibilidade de influenciar seu próprio destino de maneiras próprias.

Para fazer isso, você terá que encontrar um meio de transcender suas próprias limitações e, com isso, estamos nos referindo às limitações de seu próprio modo de pensar, que foi imposto pelos governos, instituições e religiões. Você terá que encontrar meios de transcender as mensagens de medo e terror inculcadas na consciência humana pelos eventos que se desdobram à sua frente e pelos manipuladores invisíveis desses eventos. Se quiser sobreviver a esse período, você terá que transcender o que está acontecendo, ou parecendo acontecer, à sua volta. Você terá que encontrar seu próprio centro espiritual. Já explicamos anteriormente esse princípio.

Não existe nenhum meio mágico de fazer isso. Cada um de vocês dispõe de diversos caminhos que podem levá-lo ao ponto de equilíbrio de sua própria consciência e à percepção de sua própria divindade; e estando nesse ponto você pode desligar-se mais facilmente dos eventos que ocorrem ao seu redor. E assim, você terá aprendido a transcender o mundo. Um dos grandes mestres espirituais da humanidade disse certa vez: “Esteja no mundo, mas não seja do mundo”. Este é um ótimo conselho para os tempos que estão à sua frente.

Mas não basta simplesmente desligar-se do mundo e transcendê-lo. Você terá também de transformar o mundo, não o mundo maior, que está fora de sua capacidade de mudar, mas o mundo ao seu redor, sua comunidade local de amigos, pessoas queridas e a Terra que está bem embaixo de seus pés. Esse é o mundo ao qual estamos nos referindo e esse é o mundo que você terá de transformar mesmo quando o mundo maior der a impressão de que está se deteriorando e desmoronando ao seu redor. Isso exigirá um alto grau de mestria espiritual. Nós não estamos dizendo que isso é ou será fácil, mas sim que é absolutamente imperativo que você tanto transcenda como transforme o mundo – simultaneamente – para poder passar pelo buraco da agulha.

E, assim, quando se sentir desanimado com o estado do mundo, nosso conselho é: transcenda esse comodismo para transcender a manipulação e a sensação de isolamento que estão sendo projetados sobre você, para poder transcender o modo de pensar coletivo. Essa é uma questão complicada porque você terá que abrir seu próprio caminho, que leve à alegria do seu coração, mesmo em meio a todo sofrimento que existe à sua volta. Haverá momentos no decorrer dos próximos anos em que as pessoas espiritualmente sensíveis sentirão o desejo de desistir de tudo. Nesses momentos, você terá que reencontrar inspiração e o modo como fazer isso cabe a você descobrir, mas nós temos algumas sugestões.

Desvie a atenção de si mesmo e dos seus problemas e concentre-se no mundo ao seu redor, para a Terra sob os seus pés, a comunidade local, seus amigos, pessoas queridas e os estranhos que vivem próximos de você. Descubra o que pode fazer para tornar o mundo em que você vive um lugar melhor. Na verdade, são coisas muito simples. Pode ser um sorriso, uma palavra de conforto, dar passagem a um motorista que esteja dando seta à sua frente; pode ser dar comuda a alguém com fome; desligar o mecanismo de controle mental chamado televisão e brincar com seus filhos ou bichos de estimação. Pode ser plantar uma árvore. A lista de ações que podem influenciar o mundo diretamente à sua volta é interminável e oferece oportunidades para você se religar à sua comunidade local, mesmo quando as forças que manipulam o mundo tentam destruí-lo.

Entenda que há poder na simplicidade; esse é o motivo de tratarmos de coisas básicas e simples em nossas mensagens. Como sempre, sugerimos que você pratique o Hólon do Equilíbrio como um recurso altamente eficiente para lidar com as instabilidades energéticas assim que elas surgem. Também incentivamos que leve conscientemente uma vida de reconhecimento e gratidão, uma vez que a harmonia sutil criada por esses estados emocionais atua no sentido de dar-lhe proteção e ânimo mesmo com o mundo sucumbindo ao seu redor.

Aproveite cada momento de sua vida, mesmo com a sua cultura e economia passando por situações difíceis. Encontre o espaço dentro de si mesmo onde possa se desligar e transcender o que parece estar acontecendo ao seu redor. Fazendo isso, talbez você tenha a mais interessante das experiências. Você perceberá a brincadeira cósmica e tudo o que ocorre em seu planeta lhe parecerá uma transição tanto interessante quanto divertida para uma consciência mais elevada.

Essa sensação de divertimento, no entanto, só é possível, é claro, da perspectiva de uma consciência que se encontra na quinta dimensão ou acima. Nem sempre é possível perceber o humor intrínseco das situações que surgem num universo dualista – especialmente quando você está aprisionado dentro dele. É por isso que nós o incitamos a transcender o mundo – o mundo como você acredita que ele seja – e elevar-se a mais uma oitava da consciência. Um novo universo transbordante de possibilidades está à sua espera.

Nós somos os Háthores.

Deixe um comentário


+ 1 = quatro