Omraam Mikhaël Aïvanhov

“Vós sois todos capazes de vos entusiasmar quando descobris uma verdade espiritual e sois sinceros quando dizeis que, daí em diante, quereis viver em harmonia com ela. Mas esse entusiasmo depressa desaparece. Porquê? Porque os habitantes dos milhões e milhões de células que constituem o vosso organismo não estão todos convencidos. A luz que acabais de receber e a boa decisão que em seguida tomastes só conseguiram influenciar alguns deles. Os outros fazem orelhas moucas e recusam-se a ser perturbados nos seus hábitos. Eles resistem e, como são mais numerosos, ganham a partida.

O que é difícil é convencer toda essa população interior, mas esse é, também, o nosso trabalho: tentar penetrar suficientemente em nós mesmos e estabelecer relações com as células de todos os nossos órgãos para que elas se tornem mais recetivas e aceitem dar-nos o seu suporte no caminho da luz.”

 
“As células do nosso corpo são pequenas almas inteligentes. É todo um povo que temos em nós, um povo com o qual podemos relacionar-nos e que nos cabe educar. Estais conscientes disso? Não, ou muito raramente. É por isso que as vossas células não vos obedecem. Vós gostaríeis de melhorar o estado do vosso fígado, do vosso estômago, do vosso coração, do vosso cérebro, etc., mas não conseguis: as células de todos esses órgãos não vos obedecem, não conseguis impor-vos a elas, elas funcionam segundo a sua própria vontade.

A ciência iniciática, que estudou a anatomia psíquica do ser humano e as regras que presidem ao seu funcionamento, ensina-nos que nós podemos comandar as células dos nossos órgãos. Mas, para isso, primeiro é preciso aceitar a ideia de que elas são entidades inteligentes, conscientes, e aprender a entrar em comunicação com elas.”

Um comentário para “Consciência ao nível Celular”

  1. Dóris disse:

    Venho trabalhando com esta técnica, e acupuntura médica há mais de dez anos e me surprende os resultados, neste momento quero me aprofundar mais,,,,

Deixe um comentário


× 6 = quarenta dois